5% de desconto no PIX Frete Grátis a partir de R$ 250 Compra 100% segura 5% de desconto no PIX Frete Grátis a partir de R$ 250 Compra 100% segura 5% de desconto no PIX Frete Grátis a partir de R$ 250 Compra 100% segura 5% de desconto no PIX Frete Grátis a partir de R$ 250 Compra 100% segura 5% de desconto no PIX Frete Grátis a partir de R$ 250 Compra 100% segura

VENCEDOR DO ICELANDIC LITERARY PRIZE 2013
VENCEDOR DO PRÊMIO NÓRDICO DA ACADEMIA SUECA 2023

 

“Os livros de Sjón são únicos."
— Björk

“Uma miniatura perfeita sobre a transgressão e a sobrevivência.” 
— The Guardian, Inglaterra

 “Um tapa na cara do patriotismo que os leitores nunca vão esquecer."
— Ásta Kristín Benediktsdóttir, Faculdade de Estudos Comparados, Universidade da Islândia


O LIVRO

Reykjavik, 1918. É o último ano da Primeira Guerra Mundial. Os islandeses comemoram a vitória de uma luta secular por soberania; ao mesmo tempo, a epidemia da Gripe Espanhola assola o pequeno país, que acaba de enfrentar um dos invernos mais rigorosos de sua história e agora vê o vulcão Katla despertar em uma das mais furiosas erupções do século 20.

Nessa Islândia assolada e conservadora, Máni Steinn Karlsson, adolescente gay, órfão e disléxico que vive às margens da sociedade e ganha dinheiro vendendo o corpo para homens mais velhos, vive uma fascinação pelo provocador cinema estrangeiro e por Sóla Guðb-, uma garota à frente de seu tempo, muito parecida com a atriz francesa Musidora, e que em vários aspectos subverte o papel atribuído às mulheres.

Este é um romance sobre preconceito, exílio e qual tipo de sociedade um país almeja criar, uma elegia a todos aqueles que foram julgados como diferentes e tiveram suas histórias apagadas pela História. O livro é uma importante reflexão sobre o papel da arte, em especial o cinema e a literatura, na manifestação de nossa memória coletiva e testemunho de episódios que não deveríamos nunca mais deixar se repetir.

Vencedor do prestigioso Icelandic Literary Prize no ano de seu lançamento, 2013, o romance obteve uma recepção internacional formidável, foi levado ao teatro algumas vezes e já foi traduzido para mais de 15 idiomas. A tradução brasileira, feita diretamente do original islandês, é assinada pelo tradutor e artista visual Pedro Monfort.

Como grande parte da obra de Sjón, MÁNASTEINN é um livro curto e sua linguagem econômica e precisa, tributária do folclore islandês, em certos momentos ecoa o surrealismo de Antonin Artaud misturado à atmosfera punk dos anos 70 e início dos 80. Uma fábula com tons surrealistas sobre intolerância, exílio e arte; uma elegia à história daqueles que não puderam contar as próprias histórias.

MÁNASTEINN, O MENINO QUE NUNCA EXISTIU é o livro nº 8 da PONTOEDITA.

 


O PROJETO GRÁFICO

Inspirada no clássico pôster de divulgação do filme Les vampires (1915), do diretor francês Louis Feuillade, que apresenta a cabeça mascarada de Irma Vep envolta num ponto de interrogação, a capa da edição da PONTOEDITA tem projeto gráfico de Luís Fernando Protásio e reproduz ilustração do artista visual Vinícius Alves. A impressão em pantone metalizado prata é uma referência direta às telas dos cinemas da época, fundamentais na história, à paisagem invernal islandesa e à pedra da lua, mineral que dá nome ao livro.


O AUTOR

Sjón (Reykjavík,1962) é um celebrado poeta, romancista, roteirista e compositor islandês. Foi membro honorário da banda Sugarcubes e tornou-se um dos principais parceiros de Björk. Ganhou o Nordic Council’s Literary Prize e o Icelandic Literary Prize, e foi indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro pelo trabalho no filme Dançando no escuro (Lars von Trier, 2000). Em 2016, Sjón tornou-se o terceiro escritor escolhido para contribuir com o projeto artístico Future Library. Entre seus trabalhos mais recentes como roteirista destacam-se os premiados Lamb (2021) e O homem do norte (2022, em colaboração com Robert Eggers). Em 2023 o autor foi contemplado com o Prêmio Nórdico da Academia Sueca, um dos mais importantes do mundo.


FICHA TÉCNICA

MÁNASTEINN, O MENINO QUE NUNCA EXISTIU Autor: Sjón Tradução do islandês: Pedro Monfort Arte da Capa Vinícius Alves ISBN 978-65-991898-7-6 Dimensão: 12,5 cm x 20,5 cm Acabamento: Capa dura impressa com Pantone metalizado e fitilho de gorgurão Número de páginas: 160 p. Imagens Ano de publicação: 2023